Do Pêro Vaz


3

 

Foi Valdemar da Paixão foi Valdemar
Foi Valdemar da Paixão foi Valdemar

Foi angoleiro nato do pero Vaz
Cantor famoso dos tempos lá de traz
Foi canário e seu mestre Tanabi
Siri de mangue que ensinaram a jogar assim

Frequentando daquela festa de largo
Já se escutava sua voz no barracão
Gunga vozeiro chamava os capoeiristas
Até artistas como o notável Caribé

Foi a beleza também dos berimbaus
Que ajudou á seu nome brilhar
Também alunos como o seu Zacarias
Que conta historias também do Pero Vaz

Hoje se lembra historias de Valdemar
Famoso Mestre como ele não tem igual
Dá liberdade na avenida peixe
Seu inconfundível canto não vai passar