Jogo da Vida


5

Eu vou pro jogo da vida
Eu vou pra roda jogar
Berimbau me acompanha
Que hoje eu quero é vadiar ia ia

A roda já começou
E eu sinto o sangue a esquentar
Me dá uma vontade no peito
Coração acelera de um jeito
Que eu não sei nem como te vou falar

E hoje eu nem quero saber
Problema eu nem quero escutar
Eu quero é jogar um bom São Bento
Sentir o corpo em movimento
Deixa quem quiser vir me falar

Problema todo mundo tem
E disso ninguém vai escapar
Mas o meu não é maior que o seu
Olha o seu não é maior que o meu
Então venha pra roda jogar

Ginga, Au e Rolé
Olha como é bonito de ver
Olha tem cabeçada certeira
Meia lua cortando ligeira
Tem malícia, mandiga e dendê.